Tecnologia do Blogger.

A Soberania de Satanas?...



MAS O QUE DE DEUS É GERADO CONSERVA-SE A SI MESMO, E O MALIGNO NÃO LHE TOCA

Vejo muitas igrejas, principalmente as neopentecostais, frisando e destacando tanto o poder de Satanás e seus demônios, que me parece, na verdade fica muito claro, que o evangelho em tais lugares tem ficado em segundo plano.

Falasse muito em campanhas de libertação, descarrego, sessões de libertação e etc., que se esquecem da prioridade da igreja, que é a proclamação do evangelho, das boas novas, para a glória de Deus; se preocupam em manter o "corpo fechado", e abandonam o Ide.

De onde vem essa obsessão com o poder das trevas? Parece que se esqueceram que os que são gerados de Deus não podem ser tocados pelo maligno. 1Jo 5:18

Satanás não pode fazer nada sem a permissão de Deus. A história de Jó deixa claro que Satanás poderia fazer somente o que Deus lhe deu permissão para fazer, e nada mais (Jó 1.12; 2.6). O verdadeiro cristão não precisa de campanhas para ser liberto, pois, "...se o Filho os libertar, verdadeiramente serão livres."
(João 8:36). Quando Cristo os liberta, isso acontece de forma completa, e não através de processos ou campanhas; a questão está em se sujeitar a Deus e resistir ao diabo, agindo assim ele fugirá de nós. Tg 4:7

Muitos precisam ser libertos não do diabo, mas da ignorância. Precisam conhecer a verdade para que a verdade os possa libertar (Jo 8:32). Não estou dizendo que o cristão deva ignorar a presença de Satanás nesse mundo que jaz no maligno, estou dizendo que ele deve se orientar melhor a respeito do Deus que ele serve, e saber que Satanás não pode fazer nada sem a permissão de Deus, absolutamente nada! (Jó 1:12; 2:6)

Não são poucas as vezes que a bíblia nos orienta a descansarmos no SENHOR, Satanás e seus demônios podem até se levantar contra os cristãos, mas como diz o salmista, mil cairão ao lado e dez mil a direita, sem que ele seja atingido.


Servimos a um Deus soberano que zela e cuida daqueles que lhe pertencem, que fique bem claro isso.

Read more...

estrela ou planeta

você é estrela ou planeta, os planetas são corpos iluminados, e as estrelas são corpos celestes luminosos.

Corpo Iluminado
São os corpos que não possuem a capacidade de emitir luz própria. Os corpos iluminados apenas refletem a luz que recebem.

Corpo Luminoso
É uma espécie de luz primária capaz de emitir luz própria, proporcionando, então, iluminação para o meio onde está sendo emitida.



Não tenha inveja de mim... o céu e muito grande a espaço para muitos corpos celestes brilharem.

Read more...

Amor alem da vida (somos eternos)



AMOR ETERNO
Muitos falam de amor eterno, quando não acredita na eternidade do mesmo.
Falar em eternidade não é tão fácil como parece, pois de acordo que tipo de eternidade se fala. A eternidade de um momento, a eternidade de tempo cronológico e o tempo de Deus.

A eternidade de um momento é aquele que muitos usam para um amor, e isso não compete tempo de duração. Sabe aquele momento que não sai de sua cabeça e você ainda sofre quando lembra, mesmo que foi há alguns anos atrás? Bem isso
Nós temos o poder de eternizar quem queremos dentro de nós.

Eternidade de tempo cronológico é aquilo que você julga um ano, dois anos,.... se você se prende ao tempo cronológico, vai querer medir felicidade por tempo de anos passados e não vai encontrar. Serás infeliz neste momento achando que tudo foi em vão. Porque a felicidade esta ligada ao nosso espirito. A felicidade esta na eternidade de Deus e dentro de você.


Eternidade no tempo de Deus é aquele que não sabemos em nada sobre ele e do outro lado desta vida. E o chamamos de eternidade, mas lembre-se somos seres eternos, isso mesmo você leu certo, somos eternos. Mesmo que o nosso corpo (involucro) pereça, ainda continuaremos eternos. Porque somos feito da mesma matéria que veio da eternidade de dentro de Deus.

Read more...

Filipenses 1:18 justificaria o show gospel de hoje?



Um amigo no Twitter me perguntou se Filipenses 1:18 não justificaria o evangelho gospel e o show gospel. Acho que ele tinha em mente o festival gospel na Globo e a hipotética novela da Globo com uma heroína evangélica.

Para quem não lembra, Paulo diz o seguinte em Filipenses 1:15-18:

“Alguns, efetivamente, proclamam a Cristo por inveja e porfia; outros, porém, o fazem de boa vontade; estes, por amor, sabendo que estou incumbido da defesa do evangelho; aqueles, contudo, pregam a Cristo, por discórdia, insinceramente, julgando suscitar tribulação às minhas cadeias. Todavia, que importa? Uma vez que Cristo, de qualquer modo, está sendo pregado, quer por pretexto, quer por verdade, também com isto me regozijo, sim, sempre me regozijarei” (Fp 1:15-18).

A interpretação popular desta passagem, especialmente desta frase de Paulo no verso 18, “Todavia, que importa? Uma vez que Cristo, de qualquer modo, está sendo pregado, quer por pretexto, quer por verdade, também com isto me regozijo, sim, sempre me regozijarei” – é que para o apóstolo o importante era que o Evangelho fosse pregado, não importando o motivo e nem o método. A conclusão, portanto, é que podemos e devemos usar de todos os recursos, métodos, meios, estratégias, pessoas – não importando a motivação delas – para pregarmos a Jesus Cristo. E que, em decorrência, não podemos criticar, condenar ou julgar ninguém que esteja falando de Cristo e muito menos suas intenções e metodologia. Vale tudo.

Então, tá. Mas, peraí... em que circunstâncias Paulo disse estas palavras? Se não me engano, Paulo estava preso em Roma quando escreveu esta carta aos filipenses. Ele estava sendo acusado pelos judeus de ser um rebelde, um pervertedor da ordem pública, que proclamava outro imperador além de César.

Quando os judeus que acusavam Paulo eram convocados diante das autoridades romanas para explicar estas acusações que traziam contra ele, eles diziam alguma coisa parecida com isto: “Senhor juiz, este homem Paulo vem espalhando por todo lugar que este Jesus de Nazaré é o Filho de Deus, que nasceu de uma virgem, que morreu pelos nossos pecados e ressuscitou ao terceiro dia, e que está assentado a direita de Deus, tendo se tornado Senhor de tudo e de todos. Diz também que este Senhor perdoa e salva todos aqueles que creem nele, sem as obras da lei. Senhor juiz, isto é um ataque direto ao imperador, pois somente César é Senhor. Este homem é digno de morte!”

Ao fazer estas acusações, os judeus, nas próprias palavras de Paulo, “proclamavam a Cristo por inveja e porfia... por discórdia, insinceramente, julgando suscitar tribulação às minhas cadeias” (verso 17).

Ou seja, Paulo está se regozijando porque os seus acusadores, ao final, no propósito de matá-lo, terminavam anunciando o Evangelho de Cristo aos magistrados e autoridades romanos.

Disto aqui vai uma looooonga distância em tentar usar esta passagem para justificar que cristãos, num país onde são livres para pregar, usem de meios mundanos, escusos, de alianças com ímpios e de estratégias no mínimo polêmicas para anunciar a Cristo. Tenho certeza que Paulo jamais se regozijaria com “cristãos” anunciando o Evangelho por motivos escusos, em busca de poder, popularidade e dinheiro, pois ele mesmo disse:

“Porque nós não estamos, como tantos outros, mercadejando a palavra de Deus; antes, em Cristo é que falamos na presença de Deus, com sinceridade e da parte do próprio Deus” (2Co 2:17).

“Pelo que, tendo este ministério, segundo a misericórdia que nos foi feita, não desfalecemos; pelo contrário, rejeitamos as coisas que, por vergonhosas, se ocultam, não andando com astúcia, nem adulterando a palavra de Deus; antes, nos recomendamos à consciência de todo homem, na presença de Deus, pela manifestação da verdade” (2Co 4:1-2).

“Ora, o intuito da presente admoestação visa ao amor que procede de coração puro, e de consciência boa, e de fé sem hipocrisia. Desviando-se algumas pessoas destas coisas, perderam-se em loquacidade frívola, pretendendo passar por mestres da lei, não compreendendo, todavia, nem o que dizem, nem os assuntos sobre os quais fazem ousadas asseverações” (1Ti 1:5-7).

“Se alguém ensina outra doutrina e não concorda com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo e com o ensino segundo a piedade, é enfatuado, nada entende, mas tem mania por questões e contendas de palavras, de que nascem inveja, provocação, difamações, suspeitas malignas, altercações sem fim, por homens cuja mente é pervertida e privados da verdade, supondo que a piedade é fonte de lucro” (1Ti 6:3-5).

“Eu, irmãos, quando fui ter convosco, anunciando-vos o testemunho de Deus, não o fiz com ostentação de linguagem ou de sabedoria. Porque decidi nada saber entre vós, senão a Jesus Cristo e este crucificado. E foi em fraqueza, temor e grande tremor que eu estive entre vós. A minha palavra e a minha pregação não consistiram em linguagem persuasiva de sabedoria, mas em demonstração do Espírito e de poder, para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria humana, e sim no poder de Deus” (1Co 2:1-5).

Portanto, usar Filipenses 1:18 para justificar esta banalização pública do Evangelho é usar texto fora do contexto como pretexto.


Augustus Nicodemus Lopes

Read more...

eli eli lama sabactani ?



UL-HIM UL-HIM LAMÁ SABAKTANI?...
O 1º ponto a ser considerado é, que Deus está fora do contexto original da lashom kakodesh!
Portanto, deve-se examinar a passagem referida como sendo do ponto de vista da lingua sagrada, nada de grego e ou latim! Que nada tem a ver com a originalidade dos Ketuvim kadoshim=Escritos sagrados! sim?
O termo correto é ulhim, ulhim lama sabaktani?=meu supremo poder, meu supremo poder, tu me abandonaste?
O sentido básico de ULHIM é "Forte, Líder Poderoso, Supremo"; a forma da palavra indica plenitude de poder.
O sabaktani do verbo aramaico "sabak=para permitir, abandonar, com o tempo perfeito 2ª pessoa-você) e o objeto sufixo-ani 1ª pessoa-eu)
MEU PODER!(força) MEU PODER!(força) TU ME ABANDONASTE?...
SHALOM EM YAHSHUAH
E LEMBRE-SE

"Não o talmidi=discipulo não pode ser superior ao seu mestre, porem o que for perfeito, será como o seu mestre...Lukas 6,40.

Read more...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

links

os melhores blogs evangélicos

2leep.com

top visitas

agregadores

About This Blog

  © Blogger template Shush by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP